terça-feira

ADS Capítulo 14 - Aceitem... Por mim?

(Seu Nome) On:

Eu congelei ao ver o rosto do meu pai. Pai? Porque ele estava ali? Ele se separou da mamãe quando eu tinha apenas 4 anos. Percebi Demi abaixar a cabeça e depois olhar pro lado.
-P-pai? O que.. O que você..
-Oi minha filha! Sua amiga? Entrem.
- Pai, você não mora aqui. O que você está fazendo aqui depois de tantos anos sem nem falar comigo?
Vi ele remexer os bigodes e abaixar a cabeça.
-Entrem, eu vou explicar filha.
Nós entramos e caminhamos até a sala, eu percebia que Demi estava vermelha sem nem olhar pra ela. Eu sentia o calor de suas bochechas arrepiadas. Sentamos no sofá e meu pai disse:
-Eu vim aqui te ver filha, depois de tanto tempo.
-Tudo bem, mas o que levou o senhor a querer me ver?
-Seu aniversário, que é amanhã por sinal.
-Puxa, eu tinha me esquecido... -eu disse irônica. -O senhor já perdeu 12 aniversários, o que levou o senhor a querer ver só um?
-Por que você faz 19 anos amanha, querida.
-Pai, enfim... Eu não vim aqui discutir com o senhor, obrigada por vir me ver, tá? -eu disse abraçando-o -Eu vim falar com a mamãe. Cadê ela?
-Ela estava lá em cima pegando alguma coisa, agora ela está na cozinha.
-Eu vou lá pai, me espera aqui?
-Claro filha.
Fiz um sinal de vem para a Demi. Ainda vermelha e sem entender uma palavra do meu idioma, fomos até a cozinha.
-Oi filha, que bom que chegou... Demi Lovato?
-É, mãe. Eu conheci ela aqui no Rio, e fui pra São Paulo, Brasília e vou pra todo lugar com ela.
-Filha... Eu.. Mas...
-Olha mãe, eu e a Demi estamos...
Minha mãe arregalou os olhos devagar.
-Nós... Estamos, na... Estamos namorando.
-Vocês o que?
-Eu... É que.. Sim, mãe.
Demi sorriu e abaixou a cabeça, me abraçou e disse no meu ouvido: "Obrigada, por fazer esse esforço por mim, eu te amo." Eu passei a mão por volta do pescoço dela e abracei-a.
-Mas... Você não gosta de homens filha?
-O que você acha? -eu disse beijando a testa da Demi.
Meu pai chegou por trás e disse:
-O QUE? ISSO É RIDÍCULO! NENHUMA FILHA MINHA VAI SER LÉSBICA!
Minha mãe colocou a mão na boca e abaixou a cabeça, ainda congelada no mesmo lugar.
-Pai é impressionante o como você some e entra na minha vida, de repente decidindo o que eu vou fazer, eu não sou obrigada a te obedecer, só a te respeitar, E SE VOCÊ QUER RESPEITO, RESPEITE, não importa a decisão de vocês dois, eu vou pros EUA com a Demi.
Meu pai estava vermelho e com as veias saltitando em volta de seu pescoço que quase explodia de vermelhidão e raiva.
-Desculpa mãe, eu te ligo.
Sorri de leve pra ela e me soltei do lado da Demi e falei:
-Vamos, amor.
Bati a porta com toda força e senti milhares de lagrimas descerem de meu rosto, que também ficou vermelho, escutando meu pai gritando com a minha mãe lá dentro. Continuei andando, e vi uma garrafa de vidro vazia no meio da rua, fui até ela peguei  e joguei com toda força na parede de uma casa. Coloquei as mãos nos olhos e chorei mais ainda. A Demi correu até mim e me abraçou dizendo:
-Para (seu nome) não precisa sofrer, vamos... Precisamos ir.
-Me desculpa fazer você passar por isso, Demi...
Ela sorriu e pegou seu celular que tocava com uma música do Michael Jackson "Thriller".
-Essa é velha, amor...
Rimos e ela atendeu sem olhar o nome.
-Alô? Aham. Ta, estamos... Estamos indo. -ela disse e desligou.
-Quem?
-Dona Dianna.
-Temos que falar com ela ainda?
-Sim. -ela disse colocando as mãos na cabeça.
-Então, temos que ir.
Disse pegando a mão dela e fazendo sinal pra um táxi que estava passando ali.

(...)

-Oi, mãe chegamos, ufa lá fora ta cheio de fãs, tem muitos mesmo. -ela disse entrando e se sentando na cama da mãe dela.
Eu ainda tinha vergonha da mãe dela, então sentei do lado dela com a cabeça baixa.
-Garotas... Tenho que falar com vocês.
-Diga mãe. -Demi disse despreocupada.
-Eu vi vocês duas juntas várias vezes. E no avião eu vi um beijo. Vocês estão me escondendo algo?
-Sim, mãe... Nós viemos justamente te contar. Estamos... Namorando.
-Vocês.. -ela engoliu seco. -Namorando? Filha eu...
-Espero que aceite mãe.
-Filha você sabe que eu não sou preconceituosa, mas... Você tinha que ter contado antes.
-Tudo bem mãe?
-Tudo, claro filha mas você sabe que eu não esperava, e as vezes não vou saber como lidar... Mas, se você quiser, querida ela pode morar conosco.
-Claro, você vem (seu nome)?
-Eu vou com você aonde você for meu amor você sabe.
Ela sorriu pra mim e olhou pra sua mãe de volta.
-Obrigada por nos apoiar mãe.
Dianna sorriu para nós e deixou nós irmos. Fomos até o quarto da Demi e ela tirou a roupa sem nem mexer seu rosto, jogou-as em cima de um móvel e  se jogou na cama. Eu não falei nada, só precisava de um banho. Eu fui até o banheiro e tomei um longo banho, sai do banheiro e ela estava de óculos lendo um livro... "Em chamas".
-Demi, você fica sexy de óculos.
-Não diga. -ela disse sem tirar os olhos do livro.
Eu peguei uma camisola "New York" vesti e fui até a cama, me deitando do lado dela e adormecendo, sem nem mesmo apagar a luz.

Demi On:

Eu estava lendo o segundo livro da série "Jogos Vorazes" enquanto ela continuava dormindo do meu lado. Eu fui ver que horas são no celular, pois amanhã íamos viajar. "21:47" eu vi e percebi uma mensagem. "Will: Demi, você está ai? Caso tenha apagado meu número e se arrependido de mim, sou eu, Wilmer. Eu realmente precisava de um abraço seu agora, De." Eu olhei para a (seu nome) e ela estava dormindo como um anjinho. Eu precisava falar com ele, então eu me voltei para o celular e comecei a digitar "Wilmer, para de ser dramático, eu ainda te amo, mas eu tenho compromisso com a (Seu Nome), não com você, e eu também queria te dar um abraço agora ♥ " Pensei bem e não mandei. Apaguei aquilo e escrevi: "Will, eu ainda tenho seu número, e você não tem compromisso comigo mais , e quer saber? até amanhã." Desliguei o celular, apaguei os abajurs, abracei (seu nome) e dormi.


Comentem gatos :3 ♥ hoje estou com criatividade e vou escrever só mais um, blz? bjs da Mand ♥

2 comentários:

  1. Nossa to amando essa maratona rs
    Que barra hein com o pai da S/N :(
    Demi que história é essa de amar Wilmer? Eu hein quer morrer mulher? kkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pse... kkk ♥ obg gata amo seus comments ♥

      Excluir